• Método anticoncepcional de longa duração: Implanon

     

    ImplanonImplanon 2Screen Shot 2017-06-12 at 12.10.17 PMScreen Shot 2017-06-12 at 12.09.21 PM

    O Implanon, implante de 5 cm aplicado embaixo da pele do braço, , é um método contraceptivo que inibe a ovulação e dura 3 anos. As únicas contra-indicações são câncer de mama e gestação. Taxa de continuidade (aceitação) de 83 % em 1 ano, similar ao DIU. Apresenta 0.05 falhas em 100 pacientes/ano, ou seja, é muitíssimo seguro. Melhora cólicas menstruais (resolvida em 77% e reduzida em 6%). Não apresentou diferença de ganho de peso comparado ao DIU de Cobre. Infelizmente, quanto a isto, estudo americano revelou que as mulheres ganham aproximadamente 500 g/ano independentemente do método anticoncepcional, sem mudança de exercício físico nem dieta. Aproximadamente 35% das usuárias relataram melhora da vida sexual 1 ano após a inserção.

    A reverão do método (retorno da fertilidade) leva em torno de duas semanas após a remoção.

     

    Efeitos adversos:

    – Cefaléia e mastalgia (nas 6 primeiras semanas/transitórios);

    – Sangramento irregular (22% não menstruarão, sendo que 76% terão sangramento favorável, que significa de amenorreia a sangramento normal). Os sangramentos desfavoráveis podem ser manejados com medicações e tendem a melhorar em 6 meses;

    – Cistos ovarianos transitórios e benignos (achados casuais em ecografias, não causam dor);

    – Acne (tratável).

     

    A eficácia pode diminuir com alguns medicamentos: Efavirenz (tratamento para AIDS), Rifampicina (tratamento de tuberculose) e anticonvulsivantes, como a Carbamazepina.

     

    Tanto a inserção como a remoção são feitas em consultório e requerem apenas anestesia local. Os estudos de fármaco-economia demonstraram que tem custo menor que as pílulas anticoncepcionais.

?>